Internacional
22 Novembro de 2020 | 20h04

Trump foi jogar golfe enquanto os líderes mundiais debatiam a pandemia

A cimeira do G20 deste ano está a ser organizada em moldes diferentes dos habituais. Ao contrário do que costuma acontecer, o evento não é presencial mas sim virtual, devido à pandemia de coronavírus. Aliás, a pandemia foi de resto um dos temas em foco.

No primeiro dia da cimeira, este sábado, que teve como objetivo falar da resposta à pandemia, Donald Trump voltou a sobressair pelos piores motivos ao demonstrar uma aparente falta de interesse para debater e tentar encontrar soluções para este problema de dimensão mundial, mas que está a ter um impacto particularmente considerável nos Estados Unidos.

No entanto, as prioridades de Trump parecem ser outras. À hora em que já devia estar a participar na cimeira, que envolve os líderes de algumas das principais nações do mundo, o presidente estava a escrever no Twitter sobre os resultados das eleições norte-americanas, nomeadamente sobre a alegada fraude da qual ainda não apresentou provas.

Cerca de duas horas depois, e após uma breve declaração, Trump abandonou a cimeira e saiu da Casa Branca para ir jogar para um dos seus campos de golfe, nos arredores de Washington DC, de acordo com a CNN.

Na sua declaração na cimeira, o presidente norte-americano deu a entender aos restantes líderes mundiais que vai trabalhar com eles no futuro. "Anseio por trabalhar convosco novamente, por muito tempo”, afirmou Donald Trump, como revela um áudiodivulgado pelo Observer.

Esta postura do líder norte-americano coincidiu com o dia em que foi registado um novo recorde de contágios nos Estados Unidos. A Universidade Johns Hopkins revelou que 195.500 pessoas testaram positivo para o coronavírus no espaço de 24 horas. Os especialistas de saúde nos Estados Unidos já tinham alertado que o país estaria em breve a reportar 200 mil casos por dia.

Os Estados Unidos são o país mais afetado pela pandemia no mundo, com o maior número de casos (12 milhões) e de óbitos (256 mil).

Fonte: NM