Desporto
03 Outubro de 2022 | 10h36

Piloto angolano vence Taça IMSA Michelin Endurance

O piloto angolano Rui Andrade venceu, este domingo, a prova final da Taça IMSA Michelin Endurance Cup 2022, decorrida em Braselton, Georgia, Estados Unidos da América.

Segundo a Angop, na prova, que marcou a 25ª edição e teve a duração de 10 horas, automobilista partilhou o pódio com os seus companheiros do carro (#8 Tower Motorsport LMP2), Louis Deletraz e John Farano.

Assim, Rui Andrade torna-se o primeiro piloto angolano a participar nesta competição.

No final da corrida, o jovem angolano era um homem radiante de felicidade e, por vários minutos, exibiu a Bandeira Nacional, como sinal de amor e respeito à pátria que o viu nascer.

Rui Andrade já tinha feito história quando se sagrou campeão de automobilismo no Europeu de Endurance Le Mans 2021, na categoria LMP2, que aconteceu em Portugal. Pela proeza, o automobilista tornou-se no primeiro angolano a conseguir este feito e a participar numa prova mundial do sector.

Na prova de quatro horas disputada no Autódromo de Portimão, em Algarve, o automobilista terminou na segunda posição mas, tendo em conta os pontos que já acumulava, sagrou-se campeão e tornou-se, assim, no primeiro cidadão a arrecadar o troféu e também o primeiro angolano a participar num mundial de automobilismo.

O piloto já havia alcançado o 13º lugar (entre 33 concorrentes) na categoria LMP2 do Campeonato do Mundo de Endurance, em prova ocorrida no Circuito SPA-Francorchamps, na Bélgica.

Residente em Portugal, Rui Andrade iniciou a carreira em Espanha, disputando a fórmula quatro (F4), em 2018, ao serviço da Drivex Racing espanhol.