Sociedade
05 Novembro de 2022 | 13h15

Enfermeiros entram em greve a partir de segunda-feira

O Sindicato dos Enfermeiros anuncia o início de uma greve nacional apartir de segunda-feira, caso o Ministério da Saúde não responder nas próximas horas as reivindicações dos profissionais, entre as quais, o aumento salarial e a melhoria das condições de trabalho.

O Sindicato dos Enfermeiros  anuncia  o início de uma greve nacional a partir de segunda-feira, caso o Ministério da Saúde não responder nas próximas horas as reivindicações dos profissionais, entre as quais, o aumento salarial e a melhoria das condições de trabalho.


O Secretário Geral do Sindicato Nacional dos Enfermeiros, Cruz Mateta,  em declarações à  RNA, disse que  remeteram  o caderno reivindicativo ao Ministério da saúde no dia 7 de Outubro, tendo recebido a resposta 20 dias depois.

O Ministério da Saúde e o Sindicato dos enfermeiros estiveram reunidos ontem em assembleia geral, mas não chegaram a um acordo. Insatisfeito com a resposta decidiram paralisar os trabalhos a partir da próxima segunda-feira.

Cruz  Mateta revelou que o sindicato está disponível para negociar com o ministério.

Entre outras exigências dos 15 pontos do caderno reivindicativo, os enfermeiros pedem o pagamento de horas extras, os subsídios do COVID-19, aumento salarial de profissionais não contemplados e a transição de categorias.