Internacional
21 Setembro de 2022 | 14h30

Voos só de ida para fora da Rússia esgotam após anúncio de Putin

Os voos só de ida para fora da Rússia esgotaram rapidamente esta quarta-feira, depois Vladimir Putin ordenar a convocação imediata de 300 mil reservistas, através da aprovação do mecanismo de mobilização parcial.

Segundo a Reuters, os dados do Google Trends mostraram um aumento nas buscas pelo Aviasales, o site mais popular da Rússia para comprar voos.

Os voos diretos de Moscovo para Istambul, na Turquia, e Yerevan, na Arménia - ambos destinos que permitem a entrada de russos sem visto - estavam esgotados já esta quarta-feira, segundo dados da Aviasales.

Algumas rotas com escalas, incluindo as de Moscovo para Tiblissi, também não estavam disponíveis, enquanto os voos mais baratos da capital para Dubai custavam mais de 300.000 rublos (mais de cinco mil euros), cerca de cinco vezes o salário médio mensal do país. 

O ministro da Defesa russa anunciou que dos 300 mil reservistas mobilizados. não constam estudantes.  Após o discurso de Putin, Sergei Shoigu disse, citado pela AFP, que neste momento a luta não é "tanto contra a Ucrânia, mas contra o Ocidente".

Shoigu disse ainda que as pessoas "receberão treino militar antes de serem mobilizadas", acrescentando que a mobilização não incluirá "pessoas que serviram como recrutas ou estudantes".