Curiosidades
08 Junho de 2022 | 15h01

Beber café diminui risco de doença, revela estudo

Um estudo da universidade americana Johns Hopkins Medicine revela que beber, pelo menos, uma xícara de café por dia pode reduzir o risco de sofrer de insuficiência renal aguda (IRA) ou crónica, que implica deficiência dos dois rins. Ainda assim, os investigadores alertam para a necessidade de mais estudos.

Dados do estudo, publicados na revista Kidney International Reports, mostram que aqueles que bebiam esta quantidade de café diariamente apresentavam um risco 15% inferior de IRA. As maiores reduções (22 a 23%) forma observadas no grupo que bebia de duas a três xícaras por dia. Tendo em conta comorbidades como pressão arterial e diabetes, bem como o índice de massa corporal, os investigadores concluíram que os indivíduos que bebiam café tinham um risco 11% menor de desenvolver IRA em comparação aos que não bebiam.

Os investigadores da Johns Hopkins usaram dados de um estudo em andamento, sobre doenças cardiovasculares em quatro comunidades dos Estados Unidos. Entre 1987 e 1989, foram recrutados 14.207 adultos com uma idade média de 54 anos. No período do estudo, foram registados 1.694 casos de IRA.

De acordo com informações da National Kidney Foundation, a IRA trata-se de um "episódio repentino de insuficiência renal ou dano real que ocorre dentro de algumas horas ou alguns dias". Isso faz com que resíduos se acumulem no sangue, dificultando o equilíbrio correto de fluidos no corpo para os rins.

Fonte: NM