Cultura
03 Junho de 2022 | 10h25

Legalise promove show no Prova D’Art Miramar

O Prova D’Art Miramar promove hoje, às 19h00, um concerto do músico Legalise e uma selecção de mestres da música angolana, enquanto amanhã, às 10h00, um convívio dedicado a música dos anos 1980, depois da homenagem a Bangão realizada no último sábado, em parceria com o programa “Sons da Banda” da Rádio Luanda.

O músico Legalise mostrará, uma vez mais, na noite de amanhã, o seu lado reggae, sem esquecer a música angolana, fazendo uma incursão por sucessos do cancioneiro nacional.
A proposta da música nacional para sábado vem na sequência da aprovação pelo público presente na homenagem ao músico Bangão, um momento que juntou amigos e familiares do homenageado no espaço Prova D’Art Miramar.

Com a condução de Francisco Miguel "FM”,  a música ao vivo esteve a cargo da Banda Yetu, liderada por Lolito da Paixão. A actividade começou pontualmente às 6h00 da manhã, com os intervenientes a contarem histórias inusitadas e pouco conhecidas sobre Bangão.

A Banda Yetu interpretou temas como "Kalumba Selecta”, "Dioguito”, "Kanjila”, "Sembele” e "Garina do Sweeg”. A viúva de Bangão, Man Caita, e o amigo e contemporâneo Guilhermino, colega nos Gingas, estiveram entre os convidados. 

O facto de ter uma inclinação inicial pelo samba e a paixão pelo Brás e o Sambizanga, como cantou o seu bairro do coração foi determinante na escolha do  Prova D’Art Miramar, localizado no largo Alioune Blondin Beye. No final  deste mês, o programa "Sons da Banda” regressa com mais uma edição especial.

Bernardo Jorge Martins Correia "Bangão”nasceu a 27 de Setembro de 1962, no Sambizanga, na zona do musseque Brás onde viveu grande parte da vida, com pequenos períodos de ausência, e morreu na África do Sul no dia 19 de Maio de 2015.

Fonte: JA