Sociedade
25 Abril de 2022 | 15h21

Kwenda inicia cadastramento de famílias em Mucaba

Catorze mil e 669 agregados familiares do município do Mucaba, na província do Uíge, começaram a ser cadastrados hoje, segunda-feira, no âmbito do Programa de Fortalecimento da Protecção Social” Kwenda.

Com a duração de 21 dias, o cadastramento vai abranger 53 aldeias do município do Mucaba, informou o director provincial do Fundo de Apoio Social (FAS) no Uíge, Nanizaiawo Capitão

No acto de apresentação do Kwenda naquela localidade, o responsável explicou que o cadastramento será antecedido por uma acção de formação de 60 Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS), que irão informar à população sobre os benefícios do Kwenda.

Os ADECOS serão informados sobre a responsabilidade do Adecos, medidas de prevenção à Covid-19, mapeamento de áreas, metodologias de intervenção comunitária, manuseamento de ferramentas técnicas e tecnológicas, para o cadastramento de famílias.

Nanizaiawo Capitão apontou as dificuldades nas vias de acesso, insuficiência de redes telefónicas, agências bancárias e outros constrangimentos.

Por outro lado, informou que o FAS perspectiva, em breve, criar um Centro  de Acção Social Integrado (CAS), com objectivo de levar os serviços sociais mais próximo da população, como é  o caso da aquisição do Bilhete de Identidade (BI), cédula pessoal, certidão de nascimento e outros serviços sociais.

Famílias vulneráveis recebem transferências monetárias do Kwenda © Fotografia por: Cedida

Fonte: ANGOP