Sociedade
07 Abril de 2022 | 12h42

SIC remove cadáveres de duas crianças no Golungo Alto

Duas crianças de 2 e 10 anos de idade, que estavam desaparecidas desde o dia 2 deste mês, foram encontradas mortas no interior de uma residência abandonada, na quarta-feira, no município do Golungo Alto (província do Cuanza Norte).

As crianças saíram de casa no final de semana, para ir fazer compras no mercado, por orientação da mãe e já não voltaram, segundo o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal (SIC) na província, inspector-chefe Adão Morais,

Após várias diligências policiais e na sequência de uma denúncia de populares, as duas crianças do sexo feminino, foram encontradas no interior de uma residência abandona, com sinais de lesões em distintas regiões do corpo e em estado avançado de putrefacção.

Na sequência da informação, uma equipa do SIC dirigiu-se ao local em companhia dos pais, que confirmaram tratar-se das filhas, que estavam com os braços amarrados pelas costas e diante do estado avançado de decomposição dos corpos, foram realizados os funerais na mesma data.

De acordo com o porta-voz do SIC, várias diligências encontram-se em curso para o esclarecimento do caso e identificação dos autores de tão "hediondo” acto,  afim de serem encaminhados ao tribunal.

Golungo Alto é um dos dez municípios da província do Cuanza Norte, localizado a 57 quilómetros a sudoeste de Ndalatando (capital da província).

 


Fonte: ANGOP