Sociedade
23 Março de 2022 | 09h29

Grupos interministeriais visitam projectos do PIIM

Vários grupos técnicos de acompanhamento às obras do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) trabalharam hoje (terça-feira) na província de Luanda para constatar o grau de execução dos projectos.

Os grupos, coordenados pelos Secretários de Estado de diversas áreas ministeriais, trabalharam nos municípios de Talatona, Belas, Kilamba Kiaxi, Cazenga, Icolo e Bengo, Cacuaco e Quiçama.  

A ANGOP constactou que os grupos de acompanhamento visitaram as obras de construção e ampliação de escolas, campos polidesportivos, centros de saúde e materno infantil, esquadras de polícia, projectos de saneamento básico, iluminação pública e recuperação de ruas.

No local, os técnicos constataram que diversas obras encontram-se paralisadas apesar de as empresas terem já recebido cerca de 50 por cento do orçamento das obras.

A presença de técnicos de várias instituições interministeriais permitiu fazer uma avaliação, com precisão, do grau de execução das obras e desta forma poder alocar as verbas para dar seguimento aos projectos que se encontram estagnados.

A província de Luanda está contemplada com 203 projectos do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios ( PIIM) distribuídos nos nove municípios, sendo 88 da educação com 26 escolas concluídas, o que corresponde a 276 salas de aulas.

Para a saúde estão em curso, no município de Cacuaco, e já em fase de conclusão dois centros médicos. O Kilamba Kiaxi tem as obras dos centros médico do Golfe e Materno Infantil da Sapu paralisadas.

As obras do centro médico de Cabíri, no bairro de Mbanza Quitel, Icolo e Bengo encontram-se paralisadas por falta de verbas e a Quiçama tem quatro centros médicos em construção.

Na área da energia, estão inscritas no PIIM 43 projectos, divididos em 14 lotes, que vão beneficiar, numa primeira fase, 103 ruas com a reposição da iluminação pública, num total de 300 vias em sete dos nove municípios que compõem a província.

De sublinhar que o município de Belas é o que mais projectos executou no âmbito do PIIM na província de Luanda.

Fonte: ANGOP