Sociedade
04 Março de 2022 | 14h55

Japão doa mais de USD um milhão para a desminagem

O Governo do Japão disponibilizou, esta quinta-feira, um milhão 181 mil 195 dólares para apoiar projectos de desminagem nas províncias do Cuanza Sul e Moxico.

Os projectos serão implementados pelas organizações  Associação de Profissionais Angolanos de Acção Contra Minas (Apacominas) e a organização internacional Mine Advisory Group (MAG).

A ONG Apacominas  recebeu um valor de USD 580 mil 219 para o projecto de desminagem no município da Quibala, província do Cuanza Sul e a MAG Angola USD 600 mil 976 para a implementar programas no município do Luena, no Moxico.

No município da Quibala a iniciativa prevê apoiar projectos de desminagens que limpará uma área de 950 mil metros quadrados, para maximizar o potencial no ramo da agricultura e melhorar as condições de trabalho dos camponeses que se dedicam à agricultura familiar.

Já no Moxico propõe-se desminar cerca de 280 mil metros quadrados, para garantir a segurança na circulação de pessoas e bens, visando o desenvolvimento da cidade do Luena.

O embaixador do Japão em Angola, Maruhashi Jiro, que falava na cerimónia de assinatura dos acordos com as organizações, reafirmou o contínuo apoio do seu país na desminagem em Angola.

Por sua vez, o represente da ONG Apacominas, Emílio Fernando, enalteceu o gesto, sublinhando que a organização vai continuar a trabalhar para que Angola seja um país livre de minas.

Já o director-geral da Agência Nacional da Acção Contra Minas, Leonardo Sapalo, agradeceu ao Governo japonês pelo apoio contínuo ao processo de desminagem em Angola.

"Agradecemos o apoio incondicional que o Japão tem dado ao nosso país na luta contra a desminagem. Sabemos que quanto mais áreas livres de minas houver, mais estradas, escolas e hospitais surgirão. Por isso, vamos continuar a trabalhar para ter uma Angola livre de minas terrestres", disse.

No final da cerimónia, o representante do Ministério da Acção Social Família e Promoção da Mulher, brigadeiro Ramos Miguel, apelou às organizações nacionais e internacionais a abraçarem projectos de desminagem.

O Governo japonês tem apoiado, desde 1990, mais de 70 projectos nas áreas de desminagem, agricultura, saúde e educação através do Programa de Assistência a Projectos Comunitários e de Segurança Humana.

Fonte: Angop