Economia
03 Março de 2022 | 14h28

PME para 2022 assegura melhoria na programação macro fiscal

A Programação Macroeconómica Executiva (PME) para 2022 prevê melhoria do comportamento das principais variáveis das projecções do Produto Interno Bruto (PIB) e da programação macro fiscal, assegurou, esta quinta-feira, em Luanda, o secretário de Estado do Planeamento, Milton Reis.A Programação Macroeconómica Executiva (PME) para 2022 prevê melhoria do comportamento das principais variáveis das projecções do Produto Interno Bruto (PIB) e da programação macro fiscal, assegurou, esta quinta-feira, em Luanda, o secretário de Estado do Planeamento, Milton Reis.

Falando no habitual briefing do Ministério da Economia e Planeamento (MEP), sublinhou que a PME prevê igualmente o comportamento do sector externo e a programação das contas monetárias, com vista a alcançar os objectivos do Orçamento Geral do Estado (OGE/2022).

Controlar a pandemia para salvar vidas e retomar o crescimento económico, estimular o investimento público para alavancar o emprego, melhorar os fundamentos fiscais para fortalecer a estabilidade macroeconómica e a solidez da dívida, apoiar a economia, defender os rendimentos e o consumo para impulsionar o crescimento são alguns dos objectivos.

O secretário de Estado reiterou, entretanto, que a PME para 2022 está concluída a nível técnico por parte dos ministérios da Economia e Planeamento (MEP), das Finanças (MINFIN) e do Banco Nacional de Angola (BNA) e que será apreciada em sede da próxima Sessão da Comissão Económica do Conselho de Ministros.

Milton Reis disse igualmente que outro documento que está concluído a nível técnico e será apreciado em sede da próxima Sessão da Comissão Económica do Conselho de Ministros é o Relatório Anual de Balanço de Execução do Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN 2018-2022).

O documento apresenta o grau de implementação das acções previstas nos 70 programas de acção do PDN 2018-2022 até ao ano de 2021, e a avaliação dos resultados da implementação das metas e objectivos programados para o ano passado.

Por outro lado, o secretário de Estado do Planeamento fez saber que o Instituto Nacional de Estatística (INE) está a participar na Reunião Anual do Grupo de Alto Nível para Parceria, Coordenação e Reforço da Capacidade Estatística para Agenda de 2030, que decorre, em formato virtual, de 28 de Fevereiro a 4 Março.

Lembrou igualmente que continuam as sessões de capacitação de 130 agentes para operacionalizarem o Inquérito sobre Literacía Financeira. A formação está a decorrer presencialmente, a cargo de técnicos seniores do INE e Banco Nacional de Angola (BNA).

Contratos para execução de obras de construção lideram listas das contratações públicas © Fotografia por: José Cachiva (Angop)

Fonte: ANGOP