Sociedade
03 Fevereiro de 2022 | 16h01

Cento e 50 jovens frequentam estágio profissional no Huambo

Cento e 50 jovens frequentam estágios profissionais em diversas empresas públicas e privadas, na província do Huambo, no âmbito do Plano de Acção para Promoção da Empregabilidade (PAPE), para melhor enfrentarem o mercado de trabalho.

Em declarações hoje, quinta-feira, à ANGOP, o responsável local do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP), Edivaldo Domingos da Costa, disse que as bolsas de estágios resultam de 25 protocolos rubricados, em 2021, entre a instituição e as empresas.

Referiu que o aumento da oferta de empregos afigura-se, no actual contexto de recessão económica, agravada pela pandemia da Covid-19, como um grande desafio para o Governo angolano.

O responsável informou que, para além do estágio profissional, PAPE apoiou 169 jovens com kits profissionais e outros 55 com microcrédito, o que permitiu a criação de 244 empregos directos e mil 351 indirectos.

Para o êxito do programa, disse, o INEFOP está a trabalhar com o Instituto Nacional de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (INAPEM) na capacitação e reorientação dos futuros empreendedores, por considerarem a formação como elemento-chave para o sucesso.

Lançado em Outubro de 2019, o PAPE é sustentado por via dos eixos temáticos relacionados com fomento ao auto-emprego, programa de estágios profissionais e "avanço” (projecto de melhoramento das competências profissionais).

Constam ainda as oficinas de trabalho, microcrédito, construção de centros de formação, reabilitação e reequipamento de centros formativos, assim como programas de instrução de empreendedorismo e gestão de pequenos negócios.


Jovens beneficiam de estágios profissionais © Fotografia por: Mário Francisco (Angop)

Fonte: ANGOP