Política
17 Janeiro de 2022 | 12h33

Registo Eleitoral Oficioso aberto no exterior do país

O início da actualização do Registo Eleitoral Oficioso dos cidadãos angolanos residentes no exterior do país foi aberto esta segunda-feira, na Cidade do Cabo, na África do Sul, em cerimónia presidida pelo ministro da Administração do Território, Marcy Lopes.

Na ocasião, o ministro da Administração do Território considerou o acto simbólico e revestido de grande importância, referindo que, pela primeira vez, o processo democrático iniciado "no nosso país” vai permitir que o angolano residente no exterior esteja habilitado a exercer o seu direito de voto.

"A data de hoje entra para a história da nossa democracia como o dia que iniciou-se de facto o processo de actualização do Registo Eleitoral Oficioso no exterior do país”, disse.

De acordo com Marcy Lopes, no exterior do país não será feito o registo presencial, ou seja, não será efectuado a emissão do cartão de eleitor mas apenas o registo Eleitoral Oficioso, mediante a apresentação do Bilhete de Identidade.

O ministro exortou ainda a todos os cidadãos maiores de 18 anos a aderirem ao processo actualizando o registo eleitoral para que possam votar nas próximas eleições gerais.

"Neste processo existe apenas um vencedor "Angola e os angolanos”, enfatizou o ministro da Administração do Território em declarações à Rádio Nacional de Angola.

Fonte: JA