Política
11 Janeiro de 2022 | 11h22

Ministério da Saúde manifesta indignação

O Ministério da Saúde manifestou, ontem, em Luanda, "indignação", pelo ataque à equipa de profissionais do sector, afecto ao Centro de Tratamento de Epidemias e Pandemias (CETEP), que se fazia transportar num autocarro, devidamente identificados.

Numa nota a que o Jornal de Angola teve acesso, o Ministério refere que "foi com grande e profunda indignação que tomaram conhecimento sobre o ataque à equipa de profissionais de Saúde por indivíduos não identificados que provocaram ferimentos com objectos contundentes". 

De acordo com a nota, o Ministério da Saúde repudia, veementemente o acto criminoso, irresponsável e bárbaro que poderia ter causado danos maiores aos profissionais de Saúde quer nacionais quer expatria-dos, cuja missão é somente                salvar vidas. 

Sejam quais forem as motivações deste acto repugnante, refere o documento, o Ministério da Saúde exorta as autoridades competentes a encontrarem os autores morais e executantes deste crime para que sejam responsabilizados, exemplarmente.  
Aos profissionais de Saúde do CETEP em particular e de todo o país, diz a nota de repúdio, o Ministério da Saúde manifesta o seu apreço e grande consideração, reiterando o compromisso de estarem juntos para enfrentarem todas as adversidades que forem impostas. 

Fonte: JA