COVID-19
04 Janeiro de 2022 | 08h40

844 infectados, 3 óbitos e 325 recuperados

A partir de quarta-feira (5) a testagem obrigatória da Covid-19, feita ao desembarcar, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, passa a ser pago, informou, segunda-feira (3), em Luanda, o secretário de Estado para a Saúde Pública.

© Fotografia por: DR
Franco Mufinda, que fazia o balanço da situação epidemiológica, nas últimas 24 horas, disse que todas as condições técnicas  estão criadas para se dar início ao processo. 

O secretário de Estado referiu que o valor a pagar pelo passageiro está inscrito no Decreto Presidencial sobre a situação de Calamidade Pública em vigor até ao dia 15 de Janeiro. O objectivo é reduzir os encargos financeiros do governo. 

Franco Mufinda esclareceu que a testagem obrigatória está inserida no quadro da vigilância epidemiológica laboratorial, que visa cortar a cadeia de transmissão a partir do Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro de Luanda. 

Em relação a evolução da situação epidemiológica do país, o secretário de Estado informou que nas últimas 24 horas foram registados três óbitos, 844 casos novos e a recuperação de 325 pacientes. As mortes ocorreram em Luanda (2) e Uíge (1). 

Segundo Franco Mufinda, os casos foram registados em Luanda (341), Cabinda (185), Moxico (61), Huambo (46), Cuando Cubango (43), Bié (41), Huíla (34), Lunda-Norte (31), Namibe (17), Uíge (15), Malanje (12), Lunda-Sul (12) e Benguela (6). 

Os infectados têm idades entre 2 meses e 91 anos, sendo 476 do sexo masculino e 368 do sexo feminino.  No que diz respeito às recuperações, Franco Mufinda referiu que 301 foram registadas em Luanda, 18 no Bié e seis na Lunda-Sul. 

Com estes dados, o país contabiliza 83.764 casos confirmados, dos quais 1.775 resultaram em óbitos, 65.034 recuperados e 16.955 activos. Dos activos, nove são críticos, 48 graves, 94 moderados, 129 leves e 16.675 assintomáticos.    

Nos centros de tratamento da Covid-19, a nível do país, estão internados 274 doentes. Em quarentena institucional estão 169 cidadãos e 16.675 em isolamento domiciliar.

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) registou, ontem, 150 chamadas, todas relacionadas a pedidos de informação sobre a Covid-19.  A equipa de saúde mental e intervenção psico-social prestou, nas últimas 24 horas, apoio psicológico por telefone a 322 cidadãos.   

O Laboratório de Biologia Molecular testou 2.565 amostras, das quais 844 foram positivas. Desde o início da pandemia, em Março de 2020, foram realizados 1.289.390 testes, sendo 83.764 tiveram resultado positivo.         

Franco Mufinda informou que desde o início da campanha de vacinação contra à Covid-19, no dia 2 de Março de 2021, foram administradas 11.541.074 pessoas, das quais mais de quatro milhões com as duas doses.

Fonte: JA