Desporto
19 Julho de 2021 | 16h39

FAF confirma Interclube nas Afrotaças

O Interclube, finalista vencido da Taça de Angola em futebol, representará o país nas afrotaças edição 2021/22, confirmou esta segunda-feira à ANGOP, em Luanda, o presidente do conselho técnico desportivo da federação angolana da modalidade (FAF), José Neves.

A posição surge da necessidade de esclarecer-se alguma situação em relação as quatro equipas angolanas que devem representar o país nas competições sob a égide da Confederação Africana de Futebol (CAF), a qual dava conta que a FAF notificara, em cumprimento a prazos de inscrição, o Petro de Luanda, Sagrada Esperança, 1º de Agosto e FC Bravos do Maquis.

A CAF exigiu que as federações indicassem, até o dia 15 de Julho último, os respectivos representantes nas Afrotaças e na sequência de um encontro entre a direcção da FAF e cinco clubes, entre eles o Inter, este havia declinado a possibilidade de integrar a lista, posição que a equipa da "polícia” veio a reconsiderar após ter se apurado à final da taça de Angola.

"Depois de ter uma melhor planificação da sua época desportiva 2021/2022, recuou na decisão, apresentando disponibilidade de participar nas afrotaças, dado a condição de finalista vencido da taça”, referiu o responsável, acrescentando que a federação foi "obrigada” a atender a reclamação do Inter e fazer cumprir o regulamento.

O Petro e Sagrada Esperança, únicos com possibilidades de conquistar o Girabola2021, representarão o país na Liga dos Campeões Africanos, enquanto o 1º de Agosto (3º/55 pontos) e FC Bravos do Maquis (4º/48 pts) devem definir quem acompanhará os "polícias” na Taça da Confederação.

Será a oitava participação do Interclube na Taça da Confederação Africana, onde esteve pela última vez em 2012.

Interclube © Fotografia por: Cedida

Fonte: ANGOP