Desporto
28 Junho de 2021 | 08h47

Portugal diz adeus ao Euro2020

A selecção portuguesa foi eliminada neste domingo do Campeonato Europeu em futebol, ao perder diante da Bélgica, por 0 -1, em jogo dos oitavos-de-final, disputado em Sevilha.

Thorgan Hazard, num potente remate de fora da área, fez o golo que valeu o triunfo dos belgas, aos 42 minutos, eliminando a formação de Cristinao Ronaldo pela primeira vez antes dos quartos-de-final de um Campeonato da Europa.
Kevin de Bruyne, que tinha sido derrubado por João Palhinha no final da primeira parte – jogada que valeu o cartão amarelo ao português – não aguentou as dores e acabou por ser substituído por Dries Mertens logo no início da segunda parte, perdendo assim os belgas a sua unidade mais criativa.
Depois de uma primeira parte demasiado passiva, a selecção lusa assumiu a posse de bola no segundo tempo e conseguiu criar de imediato várias situações de finalização, por Diogo Jota, João Félix e Bruno Fernandes, os dois últimos já entrados aos 55 minutos, para os lugares de João Moutinho e Bernardo Silva.
André Silva, Sérgio Oliveira e Danilo ainda entraram na equipa lusa, segundo a reportagem do abola.pt.
Raphael Guerreiro deteve a melhor oportunidade para empatar a partida ao acertar no poste, num remate com o pé direito, aos 84 minutos.
A Bélgica, selecção melhor posicionada no Ranking da FIFA,  vai jogar no dia 2 de Julho com a Itália nos quartos-de-final, em Munique, na Alemanha, enquanto a campeã da Europa fica impedida de defender o título conquistado em 2016, em França.
Ainda hoje, a República Tcheca eliminou a Holanda dos oitavos-de-final, com triunfo de 2-0, em Budapeste.
Tomas Holes e Patrik Schick anotaram os golos da seleção do leste europeu.
Nos quartos-de-final, a República Tcheca enfrenta a Dinamarca, no próximo sábado (3 de Julho), em Baku, no Azerbaijão.
Nesta segunda-feira medem forças para os oitavos-de-final Croácia - Espanha (17h00), no Estádio Parken, na Dinamarca, e França  - Suíça (20h00), no Estádio  Arena Nacional, em Bucareste, na Roménia.
 

Fonte: Angop