Saúde
14 Junho de 2021 | 15h51

Novo Hospital Geral do Dundo vai ter serviços de hemodiálise

O futuro Hospital Geral do Dundo, na Lunda Norte, cujo financiamento foi, recentemente, autorizado pelo Presidente da República, João Lourenço, vai, entre outros, prestar serviços de hemodiálise, evitando, deste modo, a deslocação de pacientes com insuficiência renal para outros pontos do país.

A hemodiálise é uma terapia de substituição renal realizada em pacientes portadores de insuficiência renal cronica ou aguda, cujo tratamento consiste na remoção do líquido e substâncias tóxicas do sangue, como se fosse um rim artificial.

De acordo com o governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala, que falava esta segunda-feira, à ANGOP a propósito do Hospital, a unidade sanitária será erguida numa área de seis hectares, no distrito urbano do Mussungue, com capacidade para mais de 200 camas.

A unidade, que custará aos cofres do Estado cerca de 50 milhões 575 mil e 970 Euros, vai, igualmente, dispor de serviços de clinica geral, laboratórios, bloco operatório, entre outros.

Disse que estão a ser criadas as condições logísticas e técnicas para a limpeza do espaço onde será erguido o Hospital.

Segundo o governador, a construção deste hospital representa um ganho para a província da Lunda Norte, porque evitará que pacientes com insuficiência renal se desloquem para Luanda e outros pontos do país, em busca deste serviço.

A província da Lunda Norte foi das que mais investimentos beneficiou no sector da saúde, no domínio das infra-estruturas, aumentando a oferta de serviços aos cidadãos com a construção de 102 unidades hospitalares nos últimos 19 anos.

Em 19 anos, a província  viu nascer 14 hospitais, 19 centros de saúde e 69 postos de saúde, asseguradas por mais 60 médicos e quase 900 enfermeiros.

Dados a que a ANGOP teve acesso indicam que todos os municípios possuem hospitais municipais e gerais apetrechados com equipamentos de ponta e com capacidade de realizarem operações e/ou cirurgias.

Ainda no domínio da saúde, a Lunda Norte viu surgir o laboratório do Dundo, com capacidade para mais de dois mil testes/dia de Covid-19 e outros exames laboratoriais, que atende as três províncias do Leste do país (Lunda Sul, Lunda Norte e Moxico). Para além de ter valências de testagem da Covid-19, vai prestar serviços de hemograma, bioquímica, microbiologia, TAC e ressonância.

Com o laboratório evitar-se-á a deslocação de pacientes para o exterior do país, para exames laboratoriais, para o diagnóstico de doenças do fórum respiratório, sarampo, diabetes, poliomielite, entre outras.

Governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala

Fonte: ANGOP