Sociedade
31 Maio de 2021 | 15h30

Habitantes do Luma-Cassai satisfeita com reconstrução da ponte

OS habitantes da comuna do Luma-Cassai, município do Dala (Lunda Sul) mostraram-se satisfeitos com a reconstrução da ponte metálica sobre o rio Mulengue, após cinco anos de interrupção devido ao alastramento de três ravinas.

A ponte metálica de seis metros de comprimento e oito de largura tem capacidade para suportar 30 toneladas.

Além desta obra, a brigada afecta ao Gabinete Provincial das Infra-estruturas estancou três ravinas de 15 metros.

Maria Madalena, residente na comuna há mais de 15 anos, disse que a reabertura da ponte minimiza os problemas de circulação, pois, anteriormente, a travessia era feita nas bermas e na época das chuvas constituía perigo, encarecendo o serviço de táxi.

Afirmou que esta infra-estrutura contribuirá para a fluidez da circulação de viaturas e diminuir os custos, bem como a extensão dos projectos do governo.

Por seu turno, o administrador comunal do Luma-Cassai, Alexandre Pinto, afirmou que a reabertura da via  ajuda na troca comercial, uma vez que a região é maioritariamente habitada por famílias camponesas.

Para o director do Gabinete Provincial de Infra-estruturas da Lunda Sul, Cláudio Pemessa, a acção cingiu-se em trabalhos de nivelamento entre a ponte e a estrada, para corrigir o desvio do curso de água.

Segundo o responsável, foi efectuado um aterro, numa área de 13 metros de cumprimentos e seis de altura, para permitir que a estrada e a ponte estejam no mesmo nível.

Acrescentou que estão, igualmente, a ser terraplanados três quilómetros de estrada, sendo um da sede à ponte sobre o rio Mulengue e dois posteriormente à ponte.

Ainda no Luma-Cassai, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), estão a ser construídas quatro escolas, com sete salas de aulas para cada uma, num valor de mais de Kz 300 milhões, incluindo residência para os técnicos e a requalificação das ruas da vila municipal do Dala.

O governador Daniel Neto considerou estarem criadas as premissas para a intervenção do Executivo, sobretudo no domínio social,  reconhecendo a facilidades que se abrem nas trocas comerciais e escoamento dos produtos do campo.

Com uma população estimada em 29.991, o município do Dala possui uma superfície de 14.251 quilómetros quadrados, conta com três comunas (Sede, Cazage e Luma-Cassai).

© Fotografia por: (Divulgação - arquivo)

Fonte: ANGOP