Sociedade
17 Junho de 2021 | 09h22

Ana Dias Lourenço defende mais atenção às crianças com dislexia

A Primeira-Dama da República, Ana Dias Lourenço, defendeu ontem, a partir de Luanda, uma especial atenção mais especial para as crianças com dislexia.

Ao discursar na abertura do webinar sobre "a dislexia na primeira infância, manifestações e intervenção do educador na integração escolar”, realizado, ontem, por vídeo-conferência, Ana Dias Lourenço disse que estas crianças precisam de um apoio especializado dos educadores de infância, assistentes sociais e das famílias.

"Vamos todos pensar nelas, pensar fundamentalmente nelas, que precisam de ter uma educação especial”, realçou.
A Primeira-Dama considerou o webinar de ontem particular, por ter sido realizado no Dia da Criança Africana. Disse que o evento serviu para apreciar o dia delas, em particular das angolanas. Apesar do contexto pandémico limitar a realização do evento em formato presencial e "porque somos capazes de transformar obstáculos em oportunidades”, prosseguiu, recorreu-se ao formato virtual, para dar continuidade ao ciclo de conferências "Educar para a Cidadania”.

Ana Dias Lourenço descreveu a realização dos webinar como elementos de informação, formação, de partilha de boas práticas, de esclarecimento e respeito pela diferença. "Cada um destes Webinar pode fazer a diferença na vida de uma criança”, frisou a Primeira-Dama, para quem os mesmos servem, também, de ferramenta para o educador, assistente social e para dar a mão a essas crianças, ajudando-as a percorrer o caminho rumo à integração.

Fonte: JA